sábado, 22 de outubro de 2016

Ir buscar mais um bocadinho de dinheiro às pensões sociais?



* Victor Nogueira

Causa-me incómodo e perplexidade toda esta argumentação em torno de considerar que quem tem mais de 300 € e até supúnhamos 500 € mensais não é pobre ou vive acima do limiar da pobreza. Porque se levanta a questão da filosofia subjacente sobre os "direitos" dos pobres: verem telejornais da TDT, telenovelas, reality shows ou jogarem biscas lambidas num banco de jardim  ...? E eventual acantonamento a granel num lar manhoso à espera da morte, embrutecendo ainda mais ? A mensalidade num desses lares varia entre os 750 a 1200 € mensais, não considerando assistência medicamentosa, por exemplo.




22 de Outubro de 2016, 14:27

Por

Ir buscar mais um bocadinho de dinheiro às pensões sociais?

Q
ue azar, o de Fernanda Câncio. Logo no mesmo dia em que explicou porque se devem abater as pensões sociais, vem Passos Coelho atiçar a fogueira e oferecer os seus préstimos para ajudar o governo, se este quiser, a “ir buscar mais um bocadinho de dinheiro” com cortes nestas prestações sociais. A coincidência é constrangedora, mas cortes são cortes.

http://blogues.publico.pt/tudomenoseconomia/2016/10/22/ir-buscar-mais-um-bocadinho-de-dinheiro-as-pensoes-sociais/#comment-24146


1 comentário:

Mona Lisa disse...

Somos um país onde a maioria é insensível e só olha para o seu umbigo!
Os pobres , doentes, idosos e diferentes(não gosto da palavra deficiente) são um alvo a abater!

Beijinhos.